O que é IaaS, PaaS e SaaS?

Os termos referem-se às camadas que formam a Computação em Nuvem.

Publicado por Equipe Westcon em 25/05/2016

        

O que é IaaS, PaaS e SaaS?

Para que a Computação em Nuvem funcione adequadamente, existem algumas estruturas que compõem o sistema e que são essenciais. São três camadas que escondem uma ampla gama de serviços, demandam recursos e estruturas de tecnologias diferentes e que tem foco em diferentes públicos.

São elas: infraestrutura como serviço (IaaS – Infraestructure as a Service), plataforma como serviço (PaaS – Platform as a Service) e Software como Serviço (SaaS – Software as a Service).

A camada IaaS é trabalhada por arquitetos de rede. É o fornecimento de infraestrutura computacional em ambientes virtualizados como um serviço. Ao invés do cliente comprar um servidor, ele o contrata como um serviço e o utiliza de forma proporcional a sua demanda dentro de um Data Ceter, com acesso completo à plataforma e ao software.

Nela estão contidas toda a parte física como servidores, Data Centeres, hardwares e equipamentos de energia e refrigeração, que possibilitam o armazenamento e transmissão de dados. É a camada mais básica e de estrutura. Como a tecnologia funciona através da Internet, o provedor pode estar alocado fora da empresa, fornecendo todo o serviço remotamente.  

Já o PaaS é mais utilizado por desenvolvedores de aplicações, que criam todo o sistema que será utilizado na camada seguinte, o SaaS. Nessa estrutura, são desenvolvidas soluções e recursos necessários para o armazenamento, organização do banco de dados, escalabilidade, suporte de segurança, sistemas operacionais ou novas linguagens de programação.

Por fim, a camada SaaS, aloja as aplicações que serão utilizadas pelo usuário final. Funciona como um modelo de distribuição de software no qual aplicações são hospedadas por um provedor de serviços e disponibilizadas através da Internet, não sendo necessária a instalação desses aplicativos diretamente em máquinas físicas. Além disso, o SaaS possibilita que o colaborador da empresa acesse informações do servidor corporativo de forma remota, desde que esteja conectado à Internet.

De acordo com uma pesquisa do IDC, o SaaS é a maior categoria de serviço de TI de Nuvem Pública e permanecerá nesse posto pelo menos até 2017, alcançando 57,9% do mercado. Porém, investimentos com PaaS e IaaS estão crescendo mais rápido que SaaS, sendo uma grande oportunidade de mercado.    

É possível construir a própria Nuvem, comprando um dos serviços de um fornecedor e outro serviço de outro fornecedor. Nesse esquema, pode-se selecionar o que há de melhor em cada camada e ter uma abordagem híbrida de TI. É importante reforçar, porém, que as três camadas dependem entre si, sendo essencial que rodem corretamente para que todo o processo saia conforme o planejado.

Quando utilizadas em conjunto e de forma coesa, trazem uma série de benefícios à empresa como flexibilidade, escalabilidade e produtividade.



CTA

Comentários

Não há comentários para esse post, seja o primeiro a comentar.
Comentários são aprovados antes de serem publicados.

Comente